Cidade submersa da Idade do Bronze encontrada no Mar Negro

Cidade submersa
FOTO: MTRK MIR / Igor Medvedev

Cientistas durante a expedição descobriram que o assentamento pré-histórico submerso localizado no sudeste da Bulgária perto da foz do rio Ropotamo tem 6.000 anos. O nível do Mar Negro naquela época era cinco metros mais baixo do que hoje, de acordo com Moskovsky Komsomolets.

É de notar que os vestígios do antigo assentamento perto de Burgas foram descobertos por arqueólogos há mais de 40 anos. No entanto, o trabalho de extração de artefatos da camada de sedimentos de fundo só começou agora. Uma expedição arqueológica, iniciada em setembro, conseguiu comprovar que o povoado submerso foi construído na Idade do Cobre, tem cerca de 6.000 anos.

“Encontramos objetos da Idade do Cobre. O assentamento na época de sua existência era totalmente em terra, já que os artefatos foram encontrados em uma camada típica do ambiente terrestre ”, disse o arqueólogo búlgaro Kalin Dimitrov.

De acordo com especialistas, o assentamento pré-histórico inundado foi constantemente habitado. Os primeiros habitantes deste território construíram suas casas no período Eneolítico (há 6.000 anos), continuando a viver na Idade do Bronze. E no século VI DC, durante o tempo da Antiga Trácia e das antigas colônias gregas, existia um porto marítimo.

Postagem Anterior Próxima Postagem