A beleza severa da Groenlândia

 Como parte de um projeto para catalogar lagoas descongeladas da Groenlândia, o glaciologista James Lea estudou imagens de satélite da ilha. A maior parte da análise era feita por computador, mas de vez em quando o cientista fazia uma verificação “manual” das imagens. Entre as muitas imagens, algumas se destacaram não tanto pelo valor científico, mas pela beleza da paisagem capturada.


Groenlândia
Groenlândia (foto de Landsat 8). Fonte: imagens do Observatório Terrestre da NASA por Joshua Stevens, usando dados Landsat do US Geological Survey e dados topográficos da NASA / METI / AIST / Japan Space Systems e da equipe de ciência ASTER dos EUA / Japão


Groenlândia
Groenlândia (foto de Landsat 8). Fonte: imagens do Observatório Terrestre da NASA por Joshua Stevens, usando dados Landsat do US Geological Survey e dados topográficos da NASA / METI / AIST / Japan Space Systems e da equipe de ciência ASTER dos EUA / Japão

Groenlândia
Groenlândia (foto de Landsat 8). Fonte: imagens do Observatório Terrestre da NASA por Joshua Stevens, usando dados Landsat do US Geological Survey e dados topográficos da NASA / METI / AIST / Japan Space Systems e da equipe de ciência ASTER dos EUA / Japão

Uma dessas imagens foi capturada em 30 de julho de 2019 pelo satélite Landsat 8. Ela mostra montanhas cobertas de gelo na costa leste da Groenlândia. A pesquisa foi realizada um pouco antes do pôr do sol, então os picos das montanhas lançam sombras longas e a iluminação parece “quente”.

A segunda imagem é o resultado de uma síntese por computador de uma imagem de satélite com um modelo topográfico da GroenlândiaMostra a diferença de altitude nesta parte da ilha. As cores correspondem ao que o olho humano veria naquela hora do dia.

Com base nos materiais: https://earthobservatory.nasa.gov

Postagem Anterior Próxima Postagem