A quantidade total de matéria no universo é calculada

matéria no universo é calculada

Cientistas dos Estados Unidos e do Egito calcularam a quantidade total de matéria no universo. O estudo cobriu matéria visível, matéria escura e energia escura, de acordo com o Astrophysical Journal.

A nova técnica envolve contar aglomerados de galáxias e determinar suas massas. Os autores partiram do fato de que, no início da história do Universo, a matéria nele se distribuía de maneira muito mais uniforme do que agora. Então, começou a se reunir em aglomerados sob a influência de sua própria gravidade, e assim surgiram comunidades galácticas.

Os cientistas sugeriram que quanto mais matéria havia no início do universo, mais numerosas e massivas as galáxias deveriam ser. Para os cálculos foi utilizada a massa específica de cada cluster, e não dados indiretos, como em outros trabalhos científicos.

No total, 1870 aglomerados cobrindo 38500 galáxias foram incluídos no estudo. Os resultados mostraram que a energia escura representa 69% da energia do universo, e 31% é visível e matéria escura juntos. Além disso, os cientistas disseram que a matéria é dividida em escura não bariônica (80%) e comum (20%). A matéria visível comum está associada a apenas 6% da energia total do universo.

Postagem Anterior Próxima Postagem