Fifa 21: 'Comportamento tóxico' é removido das comemorações dos gols

O videogame da FIFA 21 apresentará menos comemorações de jogadores, enquanto a EA Sports tenta conter o comportamento "tóxico" entre os jogadores.

Os jogadores não poderão mais usar a celebração do "shushing", que costumava ser usada para se gabar e empacotar os jogos.

O principal produtor de FIFA 21, Sam Rivera, disse que algumas comemorações foram removidas após pedidos de jogadores.

A versão mais recente da série de videogames da Fifa deve ser lançada em outubro.

"Fomos informados pela comunidade de que há comportamentos tóxicos no jogo, e queríamos ter certeza de removê-los", disse Rivera.

$ads={1}

"Então removemos algumas das comemorações que as pessoas pensavam não serem a melhor idéia para se ter no jogo".

O que há de novo no FIFA 21?
EA diz que FIFA 21 será o 'mais autêntico' até agora
Além da reação de "calar", um gesto com a mão "A-OK" também será removido e as comemorações de gols serão mais curtas no geral.

"A intenção é apenas mantê-lo jogando, em vez de fazer outras coisas que podem não ser necessárias no jogo", disse Rivera.

Ryan Howard, co-fundador da plataforma de jogos The Nerd Council, disse que é improvável que as mudanças tenham um impacto fundamental no comportamento dos jogadores.

"Remover as comemorações de gol consideradas tóxicas não mudará a natureza do jogo ou a sensação de derrota", afirmou.

A série Fifa continua sendo uma das franquias de videogame mais populares do mundo, tendo vendido mais de 260 milhões de cópias em 2018.

A última edição - Fifa 21 - será lançada para o PlayStation 4 e Xbox One, bem como para os consoles Xbox Series X e PS5 da próxima geração.

A EA Sports diz que os novos consoles terão gráficos aprimorados, aproveitando a tecnologia mais avançada.

Os jogadores do Nintendo Switch receberão uma "edição legada" do jogo que incluirá principalmente novos kits, equipes e um sistema de menus atualizado.
Postagem Anterior Próxima Postagem